O que sente o Sociofóbico afinal?

O sociofóbico é acometido constantemente pelos seus receios. É um sofrimento diário. É desmoralizante todos os dias, todos os mêses e por vários anos, viver assim. Ao longo do tempo sem nenhuma evolução, a pessoa com fobia social pode acabar por desenvolver depressão.

O comportamento do sociofóbico passa então por:
- Temer falar em público
- Ter vergonha de comer ou beber em público
- Evitar a todo o custo participar de festa
- Ficar nervoso ao escrever em público
- Medo de olhar as pessoas nos olhos
- Medo de falar/iniciar uma conversa
- Exitar em fazer chamadas telefónicas
- Evita dar ou defender as próprias opiniões
- Medo de encontrar-se com pessoas desconhecidas ou até mesmo com alguem que já conheça mas que não tenha grande contacto
- Temor de estar em espaços fechados onde há muita gente (como supermercados, hospitais, transportes públicos...) e até mesmo em andar em ruas movimentadas
- Medo de ser apresentado a outras pessoas e de fazer amizades

- Ansiedade intensa perante grupos de pessoas
- Ansiedade antecipatória (antes da situação temida)
- Erubescência (ou já temer antecipadamente que tal aconteça)
- Tremores
- Palpitações
- Temor de ser observado e avaliado negativamente por outros.
- Temor de ser visto como fraco, ansioso, louco ou estúpido.
- Temor de que as próprias opiniões possam não interessar aos outros.
- Temor de não estar em estado de comportar-se de modo adequado em situações sociais.
- Tendência ao isolamento

# Publicado a 18 de Junho de 2010 #

10 comentários:

  1. não tenho fobia social, mas compreendo-a e já a "vi" em várias pessoas; as consequencias são muitas vezes graves...
    o alcoolismo, por exemplo...
    gostei de ler os vários textos que publicou, quem dera muitos os lessem e se pudessem entender e libertar

    ResponderEliminar
  2. Na verdade eu sinto a maioria dessas coisas, e é muito ruim... as vezes eu até deixo de fazer alguma coisa que eu goste por medo de a outra pessoa não gostar, e eu ser tachada como chata... eu tenho consciência do meu medo mas não consigo evitá-lo.

    ResponderEliminar
  3. Recentemente crei um blog com o propósito de escrver simplesmente por escrever, sem pretensões nem nada, sobre essa minha vida fóbica e cheia de outros transtornos de personalidade... O blog se chama "diário de uma sociofóbica", caso tenha interesse em ler, aqui vai o link:
    http://diariodeumasociofobica.wordpress.com/

    ResponderEliminar
  4. olá sou uma sócio fóbica e criei um blog para servir de diário vale a pena conferir http://diariodeumasociofobica.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. gostei da sua iniciativa!!!
      sou fobico social tbm e lidar com isso n é facil.
      isso esta acabando com a minha vida e com 18 anos isso me assusa mais e mais,pois,com 18 a vida se inicia de verdade.
      primeiro emprego,faculdade,escola,curso,enfim muita coisa pra pensar e muitas outras temer

      Eliminar
    2. É bom que criemos, como a Lara Freitas, espaços para dialogar sofre os medos que nos atormentam.

      Eliminar
  5. olá,tenho 24 anos e desde o 14 sou sociofobica , demorei a procurar tratamento, deixei passar achando se tratar de uma simples timidez, mas percebia que não era normal,sofri em silencio...Ao longo do tempo passei a me isolar aos poucos pois não consegia fazer nada na frente de ninguém, tinha muita vergonha de procurar ajuda.deixei a faculdade, de assinar na frente dos outros.Passei a mentir so para não encontrar pessoas.Perdi muita coisa.È muito ironico ser um ser humano , e ter medo de outro ser humano ,de ser obvervado por outro.Na escola os apelidos foram vários, por tremer muito.Não falava com ninguém sobre isso

    ResponderEliminar
  6. Sei que toda a pessoa que tem sociofóbia,nao gostaria de ter medos mas tem,só que todos vcs de uma forma ou outra nao podem esquecer que tem muitas pessoas que amam vcs,e ser normal como vcs dizem tbm sofremos com preconceitos,a sociedade é que exige de mais do ser humano!Mas desejo que se cure ou que pelo menos se sinta melhor com vc mesmo!Bjs

    ResponderEliminar
  7. é sim amigo , a sociofobia não é meu unico problema...Além disso tenho Toc e mitomania, mas tudo começou com a sociofobia.Não sei como não enlouqueci.O que me fez ficar melhor foi justamente ajudar de alguma forma pessoas com os mesmos problemas...

    ResponderEliminar